22/11 8:59

Paralímpiadas Escolares Maranhenses conquistam quatro medalhas no primeiro dia das competições

 

Nessa quarta-feira (21), primeiro dia de competição no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), o Maranhão faturou três oalunos 2uros e uma prata, na natação e judô. Os títulos foram conquistados por Izabelly Vitória da Silva Lisboa, 14 anos, Zilene Pereira França, 16, Maria Eduarda Rodrigues Silva, 17, e Bruno Leitão de Sá, 15.

“Menina de ouro”. Assim pode ser chamada Izabelly Vitória que subiu ao lugar mais alto do pódio, ao conquistar medalha de ouro na natação. Emocionada, a estudante da Escola Militar 2 de Julho rememorou sua estreia nas Paraolimpíadas Escolares, em 2017.

No evento do ano passado, Izabelly venceu as duas provas às quais ela participou, nos 25m livre e 25m peito, e obteve ouro em cada uma das competições. “Não levo para casa prata e bronze, só ouro”, disse em um tom descontraído a maranhense orgulhosa dos seus feitos, e complementou: “A medalha que eu conquistei ontem entra para a minha coleção como o 21º ouro na natação, de toda a minha carreira de nadadora”.

Quando não está na água, Izabelly Vitória se locomove com a ajuda de cadeira de rodas. “Alguns podem imaginar que seja difícil nadar sem mexer as pernas, mas a natação tem uma grande importância na minha vida. O esporte me relaxa, me permite superar os meus próprios limites, e faz com que eu servi de bom exemplo para outros cadeirantes”, declarou a adolescente.

No Judô, nem o frio de 17 graus da quarta-feira, no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, conseguiu abalar o fervor dos medalhistas Zilene Pereira, Maria Eduarda Rodrigues e Bruno Leitão. Deficientes visuais, os três judocas estavam bastante empenhados e dedicados. “O judô me ajudou a perder o medo de cair; e hoje (ontem) conquistei a medalha de ouro nesse esporte, estou muito feliz”, disse a estudante Zilene. Maria Eduarda também foi ouro, e o Bruno Leitão, medalha de prata.

A professora de judô Roseane Cutrim Alves Braga, de 35 anos, há 21 dá aulas de judô para cegos. Ela, que é a treinadora de Zilene Pereira, Maria Eduarda e Bruno Leitão, disse que foi um grande desafio treiná-los.
“Eu descrevia todos os movimentos do esporte para os alunos. Quando eles erravam, era porque eu estava passando as informações de forma equivocada. Então, passei a falar mais o movimento, com muitos mais detalhes. E os três tiveram que aprender e se aperfeiçoar no judô aguçando a audição. O maior desafio deles é a queda, trabalhamos muito o equilíbrio” declarou Roseane, satisfeita com os resultados dos medalhistas.

Contatos

contatos

Complexo Esportivo Canhoteiro

Travessa Guaxenduba, n. 100
Outeiro da Cruz

CEP: 65.043-320

São Luís - Maranhão

Fone:
(98) 2109-5930

Localização

localização

Click to open larger map