27/08 16:38

Estudantes participam da festa do xadrez e da educação no 2º Festival Xadrez nas Escolas

Sem títuloUma verdadeira festa do xadrez que reuniu estudantes de todo o Maranhão, assim foi a tarde da última segunda-feira (26), no 2º Festival Xadrez nas Escolas, promovido pelo Governo do Maranhão, por meio das Secretarias de  Esporte e Lazer (Sedel) e Educação (Seduc).

O evento é mais uma ação do Projeto Xadrez na Escola que, desde 2017, é realizado pelo Governo do Maranhão sendo desenvolvido em 109 Centros de Ensino, envolvendo cerca de 10 mil estudantes de escolas da capital e 62 municípios do Maranhão.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, destaca que este é um projeto que começou como um piloto com 10 escolas, e esse ano foi expandido para mais de 100 Centros de Ensino espalhados por todo o Maranhão.

“Nós acreditamos fortemente que o xadrez tem o potencial de desenvolver a habilidade dos nossos jovens, pois desenvolve raciocínio, concentração e é um projeto que, por determinação do governador Flávio Dino, é comandado na parceria entre as secretarias de Educação e de Esportes, entre outros parceiros, e do nosso grande campeão Rafael Leitão, que é acima de tudo também um grande exemplo. Um maranhense que conquistou o mundo com o xadrez. Por isso, nós queremos desenvolver essas potencialidades também nos nossos estudantes”, disse o secretário.

“E ele tem narrado para a gente que está encontrando talentos entre nossos estudantes. E para a nossa felicidade alguns desses estudantes que participam do projeto desde o ano passado, este ano já conquistaram várias medalhas nos JEMs [Jogos Escolares Maranhenses] desse ano. Acreditamos muito que estamos plantando essa semente e que em breve iremos colher os frutos”, reafirmou Felipe Camarão.

Sem título2A coordenadora do Projeto Xadrez nas Escolas, Marileide Moura, conta que o Festival não é uma competição e tem por objetivo promover intercâmbio entre os estudantes integrantes do projeto nas 19 Unidades Regionais (Ures) do estado.

“Aqui não é competição e sim a grande festa do xadrez no Maranhão. O nosso desejo é que o projeto se expanda cada vez mais e se torne referência no país”, ressaltou Marileide Moura.

Nessa segunda edição, o Festival registrou a participação de mais de 200 estudantes que se envolveram, ainda, em outras atividades relacionadas ao jogo, entre elas: jogos abertos, aulas, exposições e duas partidas simultâneas com os enxadristas maranhenses, Rafael Leitão – Grande Mestre Internacional (GMI) e bicampeão mundial; e Nicolau Leitão – Mestre Nacional (MN).

“Já estamos terminando o segundo ano do projeto e cerca de 10 mil crianças já estão tendo contato com o xadrez, e no Festival fica muito claro como o projeto está funcionando bem. As crianças estão jogando muito bem, algumas com o nível muito alto e muitas crianças interessadas no jogo, e é isso que a gente quer com esse projeto”, disse o Grande Mestre Internacional (GMI), Rafael Leitão.

Jovens como Luíz Augusto Costa, 13 anos, estudante do 8º ano do Ensino Fundamental do Centro de Ensino Mato Grosso, localizado no bairro da Forquilha, participaram da partida simultânea e ‘deram trabalho’ para o bicampeão mundial.

“Não foi uma experiência nova, porque eu já tinha jogado com ele, mas dessa vez foi mais árdua a batalha, consegui ficar até o final e eu gostei bastante, pois a gente consegue adquirir muitos ensinamentos”, contou o estudante.

Luiz Augusto disse ainda que o Festival é um evento muito importante, pois reúne em um só espaço todos os interessados em xadrez. Ele parabenizou a iniciativa e espera que isso faça com que os jovens levem esses ensinamentos ainda mais longe, não só no xadrez como em suas carreiras.

“É uma forma bem inovadora de educar os alunos, tanto como estudante no cenário acadêmico quanto pessoa, já que o xadrez, entre outros benefícios, ajuda na paciência e aprendizado. O xadrez me ajudou no desempenho escolar, principalmente na fixação do conteúdo, pois ele melhora nossa atenção, nossa paciência, nosso poder de cálculo, dentre outras coisas”, corroborou Luiz Augusto.

Os três primeiros colocados das simultâneas receberam medalhas e troféus de participação. Na partida contra Rafael Leitão sagraram-se vencedores: Luiz Augusto Costa Barbosa e Railson Santos, do CE Estado do Mato Grosso (1° lugar e 2º lugar, respectivamente); e Ana Beatriz Coutinho, do Colégio Militar 2 de Julho (3º lugar), todos dos Centros de Ensino da capital maranhense. Já na simultânea contra Nicolau Leitão os vencedores foram: William Barreiro Costa, do CE Dep. Luís Rocha, em Santa Helena (1° lugar); João Victor de Andrade Ramos, do Colégio Militar Tiradentes de Timon (2° lugar:); e Lucas Gomes Ramos, do CE Bernardo Coelho de Almeida, em São Luís (3° lugar).

Para o professor de Química e coordenador do Xadrez nas Escolas do CE Mato Grosso, Diego Ferreira, o xadrez tem algo místico que chama a atenção dos estudantes, principalmente na questão concentração e motivação para que queiram batalhar dentro de uma partida e traz abordagens pedagógicas que podem ser utilizadas dentro de qualquer componente curricular.

“E o festival de xadrez é importante para motivar os alunos a querer participar das competições, a querer realmente estar se aprimorando e também chamar atenção daqueles que querem praticar o xadrez”, falou o professor.

O evento também contou com a presença dos secretários estaduais Rogério Cafeteira (Sedel) e Anderson Lindoso (Cultura), e da secretária adjunta de Ensino da Seduc, Nádya Dutra.

Contatos

contatos

Complexo Esportivo Canhoteiro

Tv. Guaxenduba, 100 - Outeiro da Cruz
São Luís - MA
CEP: 65.043-320

Fone: (98) 2016-8000

CNPJ: 05.506.465/0001-32

Localização

localização

Click to open larger map